Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Assembleia Geral da União Nogueirense

 

 

Realizou-se no passado dia 31 de Janeiro a Assembleia Geral da União Nogueirense pelas 22 horas, e teve bastante afluência, estando presentes cerca de 36 sócios. António Nunes
Ramos abriu a sessão e saúdo todos os presentes, tendo de seguida mencionado os assuntos a tratar. João António Travassos Nunes leu a acta da assembleia anterior e logo de seguida, Artur Carlos Travassos Dinis leu o relatório e contas dos anos de 2007 e 2008:

 

1.       Angariação de fundos

 

 

1.1.   Quotização

É a única fonte fixa de receita da União, pelo que foi a aposta maior desta direcção. No entanto, é de referir que, por diversas razões, durante este último ano deixámos de contar com a colaboração do habitual cobrador, pelo que a receita reflecte esse facto. Contudo temos de agradecer a disponibilidade e boa vontade dos associados que regularizaram a sua quotização, deslocando-se junto dos elementos da direcção.

 

 

1.2 – Outras formas de angariação

Almoços e Jantares de convívio

Tal como em anos anteriores, realizaram-se os convívios em Lisboa, cada vez com mais participação. Também os jantares de aniversário movimentaram bastantes associados, pelo que podemos continuar a afirmar que estes eventos são de longe uma forma extraordinária de angariação de fundos para a União Nogueirense.

 

 

1.3. – Eventos da Comissão de juventude

Os eventos propostos e realizados pela Comissão de Juventude foram fortes fontes de angariação de fundos e que vieram auxiliar em muito a tarefa desta Direcção. De referir o Passeio Todo o Terreno, a Rampa Todo o Terreno, os diversos passeios de convívio, etc.

 

 

1.4. – Bar do Centro Cívico.

Como já anteriormente referido, este bar encontra-se aberto ao fim de semana graças à boa vontade e abnegação do Vice-Presidente, Carlos Garcia Batista. Este facto é de realçar e louvar pois assim cumpre-se uma das funções deste Cento Cívico: o convívio entre associados e restantes habitantes da Nogueira. Pena é que alguns associados apenas se lembrem da União pelo bar.

 

 

 

 

2.       Obras

 

2.1. – Alcatroamento da Estrada do Figueiral

Com o apoio da Câmara Municipal de Arganil e Junta de freguesia de Arganil, procedeu-se ao alcatroamento de parte desta estrada (desde o Rodeio às Eiras), o que possibilitou uma maior utilização. Embora tenhamos tentado o alcatroamento do restante, tal não foi possível, por indisponibilidade de verbas e por serem necessárias algumas obras de rectificação.

2.2 – Passeios do Chão da Ribeira

Como a muralha de suporte da estrada já mostrava alguns sinais de degradação, e sendo um local de enorme perigo, quer para automóveis quer para peões, procedeu-se à sua consolidação e restauração aproveitando-se ainda para construir passeios e respectivas protecções o que possibilita uma melhor e mais segura circulação de pessoas. Por outro lado, e como os trabalhos de construção da ETAR iriam começar entretanto, procedeu-se à construção, de raiz, da muralha de suporte da estrada de acesso à referida ETAR o que permite um mais fácil e seguro acesso.

 

 

2.3. – ETAR

A obra que foi emblema da nossa apresentação aos sócios e que finalmente, graças ao esforço conjunto da União Nogueirense, Câmara Municipal de Arganil e Junta de Freguesia de Arganil, se conseguiu levar a efeito. Esta obra, de extrema utilidade e necessidade para a população da nossa aldeia, foi o sonho desta Direcção e por ter sido realizada deixa-nos com grande satisfação. No final do nosso mandato, a realização desta obra assume-se com a “cereja no cimo do bolo” pelo que nos congratulamos.

 

 

2.4. – Obras no Centro Cívico

Também durante estes dois anos de exercício se foram efectuando obras de manutenção do edifício sede com especial relevo para o arranjo e substituição da parte norte do telhado do salão.

 

 

 

 

3.       Outras realizações

 

3.1. – II Passeio Todo o Terreno da Nogueira

Embora com menos participação do que em anos anteriores, principalmente devido ao estado do tempo, foi uma forma de convívio e receita para a União Nogueirense e uma excelente maneira de dar a conhecer a nossa região.

 

 

3.2. – I Rampa Todo o Terreno da Nogueira

Veio substituir o Passeio e foi realizado pela necessidade de inovar de forma a atrair novos participantes. Realizou-se em caminhos próximos da localidade e teve boa participação.

 

 

 

 

 

3.3. – Festa de Natal

À semelhança de anos anteriores, mais uma vez levamos a efeito a festa de Natal das crianças, proporcionando-lhes momentos de grande alegria.

Tendo em conta os moldes dos anos anteriores, houve momentos de espectáculo, seguindo-se a entrega de prendas, concluindo com o habitual lanche da responsabilidade da União mas com grande colaboração dos pais das crianças.

Para minorar os encargos da festa teve esta União a habitual comparticipação da Junta de Freguesia de Arganil e de alguns amigos.

 

 

Agradecimentos

Primeiro que tudo é justo agradecer a todos os que, de forma directa ou indirecta, contribuíram para o sucesso desta nossa missão de três anos. Foi graças a elas que conseguimos contribuir para o engrandecimento desta nossa terra.

De forma a mostramos o nosso agradecimento, queremos particularizar no nosso agradecimento a:

·         Câmara Municipal de Arganil;

·         Junta de Freguesia de Arganil;

·         Jornais “A Comarca de Arganil”, “Jornal de Arganil” e “Rádio Clube de Arganil”;

·         Comissão de Juventude;

·         Todos os associados;

·         Povo da Nogueira em geral e amigos.

Individualmente queremos realçar e agradecer o empenho e vontade de:

·         João Carlos Batista sempre disponível para auxiliar nas realizações levadas a cabo por este Direcção;

·         António Manuel André da Costa pelo constante apoio e modernização dos serviços informáticos;

·         Carlos Garcia Batista pela constante e permanente vontade em abrir o Centro Cívico a todos os associados, despendendo assim do seu tempo.

Por último uma referência e um especial agradecimento àqueles que tentaram menosprezar o nosso trabalho, pois com essa atitude foram sempre uma fonte de constante motivação para toda a Direcção.

 

 

O saldo que transita para o próximo ano é de 7748,89€. Logo de seguida João António Travassos Nunes, em representação do Presidente do Conselho Fiscal, Hugo Filipe Costa Antunes Travassos, leu o parecer fiscal:

 

 

 

 

O Conselho Fiscal da União Nogueirense vem por este meio, e após apreciação do Relatório e Contas respeitantes à actividade dos anos de 2007 e 2008, assim como a documentação de suporte, emitir o seu parecer. Fazendo-o nos seguintes termos:

 

·         Este Conselho começa por realçar a continuidade de actividades lúdicas que favorecem a socialização entre conterrâneos e amigos, aliás estas acções são com certeza um factor dinamizador da actividade da n/ colectividade.

 

·         A actividade do bar sempre será referenciada como um ponto importante, fornecendo alguma estabilidade económica à União e demonstrando o pulsar da população da Nogueira.

 

·         O valor do item “quotização” é demonstrativo da actual falta de cobrador das quotas, deixando desde já um apelo aos sócios para que algum deles se ofereça para esta tarefa.

 

·         É importante mencionar a despesa efectuada na realização de várias obras de conservação do património da Nogueira.

Sublinha-se as obras da ETAR e dos passeios do Chão-da-Ribeira, obras estas amplamente justificáveis. Sendo a primeira, uma infra-estrutura a qual atribuiu uma enorme mais-valia à povoação da Nogueira.

 

·         A organização de almoços e jantares de confraternização continuam a demonstrar a vitalidade da União Nogueirense, tal como a estabilidade das suas contas.

 

·         Conclui o Conselho que, apesar da realização de obras extraordinárias de alguma envergadura, existe um critério ponderado para uma boa direcção, o qual é reflectido nestes relatórios.

 

Face ao exposto, o Conselho Fiscal propõe a esta Assembleia a aprovação do relatório e contas relativo aos anos de 2007 e 2008.

O Conselho Fiscal enaltece ainda o trabalho desenvolvido pelo actual executivo, que cessa aqui o seu exercício. Fazendo votos que seguinte dê continuidade ao trabalho realizado, levando sempre bem alto o nome da Nogueira e da União Nogueirense.

 

 

No fim de lido o relatório este foi a aprovação, tendo sido aprovado por unanimidade.

Procedeu-se então a eleição de novos corpos gerentes, tendo aparecido uma única lista para o triénio de 2009 a 2011 e sendo composta pelos seguintes elementos:

 

Assembleia Geral

Presidente, João António Travassos Nunes; Secretário, Artur Carlos Travassos Dinis; Vogal, Fernando José Santos Batista.

Direcção

Presidente, Bruno Miguel Silva Costa; Vice presidente, Carlos Garcia Batista; Secretário, Carlos Miguel dos Santos Almeida; Tesoureiro, Paulo Jorge Correia Ribeiro; Vogal Fernando Santos Figueiredo; Suplentes, Filipe Manuel Varandas Costa, João Garcia Batista, Pedro Filipe Santos Pena, Leonel Ribeiro e Eduardo Manuel Marques Correia.

Conselho Fiscal

Presidente, Hugo Filipe Costa Antunes Travassos; Relator, João Carlos Garcia Batista; Vogal, Jorge Fernando Travassos Dinis.

 

A finalizar a sessão João António Travassos Nunes saudou os novos corpos gerentes, desejando que tudo decorra pelo melhor, pelo bem do progresso da Nogueira.

 

publicado por Nogueirense às 20:56

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Assembleia Geral da União Nogueirense

Vai realizar-se no próximo dia 31 de Janeiro de 2009, por volta das 21:30 horas, a Assembleia Geral da União Nogueirense , com a seguinte ordem de trabalhos:

     - Leitura da Acta da sessão anterior

     - Discussão e aprovação do Relatório e Contas do Exercicio de 2007 e 2008

     - Eleição de Novos Corpos Gerentes

     - Tratar de assuntos de interesse para a colectividade

Na falta da maioria dos associados, a assemblia funcionará meia hora depois com quaquer número de presenças.

publicado por Nogueirense às 22:21

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

Festa de Natal

Foi no domingo que antecedeu o dia de natal, 21 de Dezembro de 2008, que se realizou a Festa de Natal organizada pela União Nogueirense. O salaão esteve cheio durante toda a tarde para verem artistas de palmo e meio, que cantaram canções alusivas à época, recitaram oemas, dançaram, etc. Mais para o fim da festa apareceram os Gatos Fraudulentos que fizeram a plateia rir com os seus sketchs. O momento mais alto da festa foi a entrga das prendas as crianças, filhos de sócios e sócios até 12 anos de idade. No fim foi oferecido um lanche a todos os presentes.

A união agradece a todos os que colaboraram.

  

 

Aqui ficam alguns sketchs dos Gatos Fraudulentos

(música dedicada a Artur Dinis, ele que teve um pequeno acidente de carro e foi contra um poste)

 

  

 (usam lingua hebraica para mais ninguem perceber o que falam)

 

 

publicado por Nogueirense às 22:22

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Magusto

No dia 9 de Novembro de 2008, integrado nas comemorações do 78º aniversário da União Nogueirense, realizou-se o já tradicional magusto ofertado pela União. Realizou-se nas trazeiras do Centro Cívico e as castanhas foram saboreadas no salão, não faltando a boa pinga acompanhar. Houve uma grande participação dos nogueirenses e amigos  em mais um convivio que decorreu em grande alegria.

 

 

 

publicado por Nogueirense às 21:41

link do post | comentar | favorito

Jantar de Aniversário dos 78 anos

Depois da inauguração da nova ETAR realizou-se o jantar de confraternização comemorativo do 78º aniversário da União Nogueirense com a presença de mais de cem pessoas.

Artur Dinis, Presidente da Direcção, depois de saudar todos os presentes lembrou que neste mandato da direcção este era o último jantar que se iria realizar e salientou o facto de se estarem a aproximar novas eleições e apelou à participação de todo na próxima Assembleia Geral “apareçam listas para continuarem o nosso trabalho porque não podem ser sempre os mesmos, tendo que se renovar a equipa”.

Fernando Afonso, presidente da Junta de Freguesia de Arganil, após saudar todos os presentes  apelou à participação da juventude e recordou a sua própria participação desde à 43 anos em várias instituições locais. Por fim anunciou que a Junta de Freguesia vai subsidiar a pintura do Centro Cívico, o que mereceu um grande aplauso de todos os presentes.

João António, Tesoureiro da Junta da Freguesia de Arganil, depois de saudar todos os presentes recordou que  a União é uma das colectividades mais antigas não só do Concelho de Arganil, onde foi a segunda dentro do Movimento Regionalista, como de toda a Região, sendo que se não existissem estas colectividades seria muito mais difícil ao poder central chegar às aldeias. Por fim enalteceu a abertura da estrada do Figueiral, obra de grande importância para o acesso de viaturas de maior porte ao meio do povo.

Ricardo Pereira Alves, Presidente da Câmara Municipal de Arganil, falou do seu prazer em estar presente na comemoração do aniversário desta colectividade com história “passado, presente e futuro” pois acredita que a juventude vai seguir as pegadas dos seus antecessores. Por ultimo concluiu “fazermos desta terra uma terra cada vez mais progressiva, mais desenvolvida e com qualidade de vida”.

Terminadas as intervenções, decorreu o leilão a cargo do Presidente da Junta de Freguesia que com já é habitual, conseguiu amealhar verbas importantes apesar dos momentos difíceis que hoje se vivem, a saber 1093,50€.

 

 

 

publicado por Nogueirense às 21:33

link do post | comentar | favorito

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.tags

. todas as tags

.posts recentes

. Assembleia Geral da União...

. Assembleia Geral da União...

. Festa de Natal

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

.subscrever feeds